Quem faz

[Foto: Bruna Sanches]

Me chamo Letícia González e o Calma é um projeto meu. Antes de fazer este jornalismo independente, trabalhei por cinco anos na revista Marie Claire, um na Tpm, meio no portal Terra e dois (a maior parte como estudante) no jornal Zero Hora, de Porto Alegre. Também estudei sociologia na França e reportei para a comunidade brasileira no Japão. Há oito anos, São Paulo é minha casa e minha base de operações (aqui, meu portfólio). Daqui mergulhei muitas vezes em problemas, lutas, paixões e idiossincrasias de mulheres. O Calma, novo e experimental, não foge desse universo.

Vou atrás de informação de qualidade sobre a indústria da beleza e como ela afeta a nossa saúde, alternativas pessoais e reflexão sobre o que nos motiva, o que nos pressiona e a diferença entre as duas coisas.

acredito

  • No jornalismo de base, com investigação, visões especializadas e contexto.
  • No poder cidadão: eu me esforço para informar, você para decidir.
  • Na beleza como mito e na vaidade como direito.

sou contra

  • Verbos imperativos, sobretudo no conteúdo para mulheres. Já fomos mandadas o suficiente.
  • Entrar na dança sempre renovada do consumo, hoje também green, fresh e organic.
  • Plantar pânico e colher radicalismo.

É claro que quero conversar.

falecomcalma@gmail.com ou no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *